Querer é PODER! A estratégia para tratar artrose sem cirurgia

A artrose tem cura?   Muitos pacientes fazem essa pergunta. Muitas doenças não tem cura, como diabetes e hipertensão arterial, mas tem tratamento. E a artrose também não tem cura, mas tem tratamento. A cirurgia para artrose, a artroplastia total do joelho, também chamada de prótese de joelho, é uma cirurgia eficaz, recomendada para pessoas com artrose avançada que não melhoraram com outras formas de tratamento. Repito: que não melhoraram com outras formas de tratamento. Nunca deve ser realizada uma prótese de joelho antes que o paciente tenha tentado um bom tratamento não operatório. Por quais razões?

1- Muitos pacientes melhoram com o tratamento não-operatório;

2 – A prótese de joelho é uma cirurgia de grande porte, com tempo de recuperação relativamente longo;

3 – O paciente precisa ter certeza de que tomou a decisão correta e necessária, o que envolve uma decisão compartilhada com o médico;

4 – Um bom tratamento irá beneficiar até mesmo os pacientes que tiverem que fazer a prótese, facilitando a sua recuperação.

Qual é a estratégia para vencer os sintomas da artrose sem cirurgia? Eu batizei essa estratégia com o acrônimo PODER. Esse acrônimo se encaixa muito bem, pois essa estratégia necessita de um trabalho combinado em que, além do médico, o paciente deve fazer a sua parte, através de mudanças no seu estilo de vida. Querer é PODER:

P – Palmilha – o uso de palmilhas ajuda a corrigir os desvios da transmissão de peso no joelho com artrose, aliviando os sintomas. Porém, a artrose se manifesta de maneira diferente em cada paciente, e portanto essas palmilhas devem ser feitas sob medida;

O – Orientação – É fundamental entender o que é a artrose, suas causas, consequências e limitações. Com isso o paciente irá conviver muito melhor com o problema e superar as limitações.

D – Dieta – Nunca é demais enfatizar: Controlar o peso é fundamental. A obesidade, além de ser uma das principais causas de artrose, também agrava muito os sintomas. Se o seu índice de massa corpórea (IMC) for maior que 25, vc deve reduzir seu peso. Calcule da seguinte forma: multiplique sua altura por ela mesma. Depois divida seu peso pelo resultado obtido. Exemplo: 1,60m, 80 kg: 1,60×1,60 = 2,56; 80 dividido por 2,56 = 31,25. Portanto o IMC = 31,25, caracterizando obesidade (IMC maior que 30). Muitas pessoas desistem de emagrecer achando que não vão conseguir chegar a um peso “normal”, e acabam nem mesmo tentando. No entanto, está comprovado que emagrecer pelo menos 5% do peso corporal já melhora os sintomas da artrose. Ou seja, no exemplo citado acima, se uma pessoa de 80kg emagrecer 4kg já irá sentir melhora da artrose!

E – Exercício – Todos os estudos comprovam: a atividade física melhora os sintomas da artrose. Muitas pessoas preferem ficar em repouso com medo da dor, o que atrofia os músculos e piora os sintomas. Por isso há necessidade de realizar exercícios, principalmente de fortalecimento. Em um primeiro momento, pode ser necessária orientação especializada.

R  – Remédios – Atualmente existem no mercado vários medicamentos indicados para o tratamento da artrose. Importante frisar: nenhum deles “cura” a artrose, embora tenham ação comprovada no alívio dos sintomas e melhora da função. É importante consultar um médico especialista para não gastar dinheiro com remédios desnecessários, e principalmente evitar efeitos colaterais que podem ser graves. O objetivo principal dos medicamentos é: aliviar a dor e permitir que o paciente consiga realizar exercícios, perder peso, e finalmente sair do círculo vicioso da artrose e entrar no círculo virtuoso da qualidade de vida.

Lembre-se: querer é PODER! Estamos aqui para ajudá-lo a resolver o problema da artrose.

 

Deixe uma resposta