Medicina Esportiva

Pessoas com problemas ou lesões ortopédicas deixam de se exercitar ou praticar atividades físicas para evitar a dor. O repouso temporário pode ser necessário, mas a falta de atividades físicas e o sedentarismo estão relacionados a perda de qualidade de vida e doenças crônicas como hipertensão arterial, diabetes tipo 2, doenças cardíacas e vasculares, e inclusive alguns tipos de câncer.

A especialidade da medicina esportiva tem por objetivo proporcionar o máximo de função e capacidade física para cada pessoa, dentro do seu potencial. Por isso a combinação entre ortopedia e medicina esportiva é fundamental. Tratamos os problemas ortopédicos para que você possa realizar as atividades que você deseja, mantendo ao máximo sua qualidade de vida.