JOELHO
  • MENISCO
  • menisco
  • menisco

MENISCOS

Para que servem os meniscos?

Os meniscos são compostos de fibrocartilagem que se localizam dentro do joelho entre o fêmur e a tíbia. Cada joelho possui dois meniscos, um medial (interno) e outro lateral (externo). Sua função é absorver parte do impacto que ocorre dentro do joelho, preservando a cartilagem da articulação e evitando o desgaste desta cartilagem.

O que causa uma lesão no menisco? Quais são os sintomas de uma lesão no menisco?

As lesões no menisco podem ocorrer devido a um traumatismo no joelho, por exemplo, uma torção ou entorse do joelho. Neste caso a lesão é denominada traumática, e pode ocorrer em associação com outros problemas, como a lesão do ligamento cruzado anterior (LCA). As lesões no menisco podem ocorrer também devido a um desgaste ou degeneração do joelho. Neste caso a lesão é denominada degenerativa e pode ocorrer em associação como o desgaste de cartilagem, artrose ou osteoartrite do joelho.

O principal sintoma da lesão do menisco é a dor. Esta dor geralmente é localizada na face interna ou externa do joelho, dependendo se a lesão é no menisco medial (interno) ou lateral (externo). Além da dor outros sintomas que podem ocorrer, mas não necessariamente ocorrem, é o derrame articular do joelho (inchaço no joelho, causado pelo acúmulo de líquido no joelho, vulgarmente conhecido como água no joelho) e sintomas de bloqueio ou travamento no joelho.

Tive uma lesão do menisco. Preciso operar?

Não são todas as lesões do menisco que necessitam de cirurgia. Muitas lesões podem ser tratadas sem cirurgia com ótimo resultado. As lesões degenerativas, por exemplo, muitas vezes estão associadas a artrose ou osteoartrite e o tratamento adequado da artrose pode melhorar os sintomas sem a necessidade de operar os meniscos.

Nas lesões de menisco associadas a outras lesões (ligamento cruzado, por exemplo) a lesão do menisco é avaliada e tratada em conjunto com a lesão do ligamento.

Nos casos em que a cirurgia é necessária, o procedimento realizado é chamado de artroscopia do joelho. O procedimento minimamente invasivo é realizado por vídeo, por meio de dois “furinhos”, incisões com menos de um centímetro, no joelho.

Na artroscopia os meniscos são retirados? (reconstrução do LCA)

Valorizamos muito a função dos meniscos. O procedimento utilizado para operar o menisco chama-se artroscopia por vídeo. A cirurgia é minimamente invasiva, e feita através de dois pequenos furos (menores de 1 centímetro) na parte da frente do joelho. Utilizamos uma ótica para examinar todo o joelho por dentro e chegar exatamente no local da lesão. Em seguida utilizamos os demais equipamentos (pinças, shaver e ponteira de radiofrequência) para tratar a lesão do menisco. Quando é necessário retirar uma parte do menisco retiramos apenas a parte lesionada do menisco, preservando todo o restante do menisco.

É possível costurar (suturar) o menisco?

Sim, é possível suturar o menisco, oi costurar o menisco, ao invés de retirá-lo. Isso depende do tamanho da lesão, tipo e localização da lesão. Este é o nosso procedimento de escolha principalmente nas lesões maiores do menisco, como as lesões em alça de balde do menisco, as lesões longitudinais extensas, as lesões de raiz de menisco e as lesões extensas do menisco lateral. O menisco possui poucas áreas vascularizadas, irrigadas por sangue. Nas áreas dentro do menisco em que não há circulação sanguínea a cicatrização pode não ocorrer adequadamente, minimizando a taxa de sucesso. Por isso nas lesões menores e nas lesões degenerativas a regularização da lesão tem melhor resultado.

Como é o pós-operatório da artroscopia para lesão de menisco

Após uma artroscopia para tratamento de uma lesão de menisco (meniscectomia parcial) o paciente recebe alta do hospital no mesmo dia, com movimentação do joelho sem necessitar de imobilização e sem a necessidade de muletas. Pode movimentar o joelho e andar. Recomendamos evitar esforços intensos por dez a quinze dias e cinco a dez sessões de fisioterapia. As atividades esportivas são permitidas após um mês. Essas recomendações são gerais e podem variar dependendo de cada caso específico.

  • MENISCO
  • menisco
  • menisco

MENISCOS

Para que servem os meniscos?

Os meniscos são compostos de fibrocartilagem que se localizam dentro do joelho entre o fêmur e a tíbia. Cada joelho possui dois meniscos, um medial (interno) e outro lateral (externo). Sua função é absorver parte do impacto que ocorre dentro do joelho, preservando a cartilagem da articulação e evitando o desgaste desta cartilagem.

O que causa uma lesão no menisco? Quais são os sintomas de uma lesão no menisco?

As lesões no menisco podem ocorrer devido a um traumatismo no joelho, por exemplo, uma torção ou entorse do joelho. Neste caso a lesão é denominada traumática, e pode ocorrer em associação com outros problemas, como a lesão do ligamento cruzado anterior (LCA). As lesões no menisco podem ocorrer também devido a um desgaste ou degeneração do joelho. Neste caso a lesão é denominada degenerativa e pode ocorrer em associação como o desgaste de cartilagem, artrose ou osteoartrite do joelho.

O principal sintoma da lesão do menisco é a dor. Esta dor geralmente é localizada na face interna ou externa do joelho, dependendo se a lesão é no menisco medial (interno) ou lateral (externo). Além da dor outros sintomas que podem ocorrer, mas não necessariamente ocorrem, é o derrame articular do joelho (inchaço no joelho, causado pelo acúmulo de líquido no joelho, vulgarmente conhecido como água no joelho) e sintomas de bloqueio ou travamento no joelho.

Tive uma lesão do menisco. Preciso operar?

Não são todas as lesões do menisco que necessitam de cirurgia. Muitas lesões podem ser tratadas sem cirurgia com ótimo resultado. As lesões degenerativas, por exemplo, muitas vezes estão associadas a artrose ou osteoartrite e o tratamento adequado da artrose pode melhorar os sintomas sem a necessidade de operar os meniscos.

Nas lesões de menisco associadas a outras lesões (ligamento cruzado, por exemplo) a lesão do menisco é avaliada e tratada em conjunto com a lesão do ligamento.

Nos casos em que a cirurgia é necessária, o procedimento realizado é chamado de artroscopia do joelho. O procedimento minimamente invasivo é realizado por vídeo, por meio de dois “furinhos”, incisões com menos de um centímetro, no joelho.

Na artroscopia os meniscos são retirados? (reconstrução do LCA)

Valorizamos muito a função dos meniscos. O procedimento utilizado para operar o menisco chama-se artroscopia por vídeo. A cirurgia é minimamente invasiva, e feita através de dois pequenos furos (menores de 1 centímetro) na parte da frente do joelho. Utilizamos uma ótica para examinar todo o joelho por dentro e chegar exatamente no local da lesão. Em seguida utilizamos os demais equipamentos (pinças, shaver e ponteira de radiofrequência) para tratar a lesão do menisco. Quando é necessário retirar uma parte do menisco retiramos apenas a parte lesionada do menisco, preservando todo o restante do menisco.

É possível costurar (suturar) o menisco?

Sim, é possível suturar o menisco, oi costurar o menisco, ao invés de retirá-lo. Isso depende do tamanho da lesão, tipo e localização da lesão. Este é o nosso procedimento de escolha principalmente nas lesões maiores do menisco, como as lesões em alça de balde do menisco, as lesões longitudinais extensas, as lesões de raiz de menisco e as lesões extensas do menisco lateral. O menisco possui poucas áreas vascularizadas, irrigadas por sangue. Nas áreas dentro do menisco em que não há circulação sanguínea a cicatrização pode não ocorrer adequadamente, minimizando a taxa de sucesso. Por isso nas lesões menores e nas lesões degenerativas a regularização da lesão tem melhor resultado.

Como é o pós-operatório da artroscopia para lesão de menisco

Após uma artroscopia para tratamento de uma lesão de menisco (meniscectomia parcial) o paciente recebe alta do hospital no mesmo dia, com movimentação do joelho sem necessitar de imobilização e sem a necessidade de muletas. Pode movimentar o joelho e andar. Recomendamos evitar esforços intensos por dez a quinze dias e cinco a dez sessões de fisioterapia. As atividades esportivas são permitidas após um mês. Essas recomendações são gerais e podem variar dependendo de cada caso específico.

AGENDE SUA CONSULTA

Preencha o formulário e entraremos
em contato o mais breve possível!



Fale Conosco


Nome:*

E-mail:*

Telefone:*

Assunto:*
OrtopediaMedicina EsportivaLesões no JoelhoNutrição EsportivaOutros

Mensagem:*

Qual palavra digitou no Google?:*

*Campos obrigatórios

AGENDE SUA CONSULTA

Preencha o formulário e entraremos em contato o mais breve possível!



Fale Conosco


Nome:*

E-mail:*

Telefone:*

Assunto:*
OrtopediaMedicina EsportivaLesões no JoelhoNutrição EsportivaOutros

Mensagem:*

Qual palavra digitou no Google?:*

*Campos obrigatórios

  • Imagens-clínica-Atlas
  • Imagens-clínica-Atlas
  • Imagens-clínica-Atlas
  • Imagens-clínica-Atlas
  • Imagens-clínica-Atlas
  • Imagens-clínica-Atlas
  • Imagens-clínica-Atlas
  • Imagens-clínica-Atlas
  • Imagens-clínica-Atlas